Donald trump prostitutas prostitutas lisboa

- albufeira O presidente dos EUA, Donald Trump, disse ao antigo diretor da CIA James Comey, no início de 2017, que estava preocupado com relatos. El líder ruso, Vladímir Putin, rompió hoy una lanza en favor del presidente electo de eeuu, Donald Trump, al denunciar los intentos. Donald Trump na mo de, prostitutas, russas. A partir de Moscovo, do palácio do operador (o Kremlin que no a discoteca. Lisboa ) e tendo. De periodistas y prostitutas: revelan el contenido de las En una serie de conversaciones sorprendentemente francas, el presidente. Donald Trump le dijo al ex director del FBI James Comey que tenía serias dudas. A nove dias de assumir a, casa Branca, o presidente eleito dos Estados. Serviço secreto russo teria vídeo de sexo.

: Donald trump prostitutas prostitutas lisboa

Segundo as notas do ex-diretor da CIA, Trump negou ter pedido a duas prostitutas para urinarem uma sobre a outra (chuva dourada) no quarto de um hotel de Moscovo, em 2013. No dossiê russo, que seria usado contra Trump se necessário, há ainda informaço sobre a vida, as finanças, antigas relaçes do presidente eleito com oficiais russos, assim como trocas informais e secretas entre o ento candidato republicano e autoridades russas. O Departamento de Justiça dos EUA entregou hoje aos líderes de três comisses da Câmara dos Representantes documentos que detalham sete conversas entre Trump e Comey e que so, alegadamente, uma parte central da investigaço sobre o dito conluio. "Se está escrito assim no livro, ento, no mínimo, esse pedaço no corresponde à realidade afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, aos jornalistas. O presidente dos EUA, Donald Trump, disse ao antigo diretor da CIA James Comey, no início de 2017, que estava preocupado com relatos segundo os quais teve relaçes com prostitutas russas. O documento, publicado integralmente pela plataforma Buzzfeed, contém informaçes que ainda no foram comprovadas. Dimitry Peskov afirmou que as alegaçes pretendem "minar as relaçes bilaterais" entre Washington e Moscou. O material teria sido entregue a Trump na sexta-feira (6) da semana passada e é visto como uma forma de presso do governo russo sobre o futuro presidente americano. O caso foi revelado pela CNN e rapidamente ganhou espaço na mídia de todo o país. Segundo o canal de televiso americano, o dossiê russo, que incluiria vídeos com Trump se divertindo com mulheres em viagens de negócios em Moscou, foi redigido por um ex-espio britânico.

Donald trump prostitutas prostitutas lisboa -

Em janeiro de 2017, Putin denunciou a intenço de retirar legitimidade a "convincente" vitória eleitoral de Trump com alegaçes como os seus supostos encontros com "prostitutas" num hotel moscovita. Sem qualquer dúvida, so as melhores do mundo, mas duvido que Trump tenha caído nisso". A afirmaço surge em memorandos de Comey agora tornados públicos. O chefe do Kremlin classificou a prostituiço como "um lamentável fenómeno social mas garantiu que os que fazem acusaçes falsas e as utilizam na luta política "so piores que as prostitutas e no têm limites morais". Ento, recordou que quando Trump vinha a Moscovo há vários anos era empresário, no político, e realçou que se desconhecia se tinha "ambiçes políticas". Alguns dados podem até ser inexatos, mas as revelaçes so no mínimo constrangedoras. O ex-diretor da polícia federal dos EUA (FBI, na sigla em inglês James Comey, aludiu a esse alegado diálogo entre viejos follando porn en español Putin e Trump em documentos em que recolheu, de forma detalhada, as conversas que teve com este. Quanto ao alegado encontro com "prostitutas Putin garantiu que Trump "é um homem adulto e, além disso, uma pessoa que organizou durante muitos anos concursos de beleza". O tema preocupava o presidente, que várias vezes voltou a falar dele, primeiro durante um jantar privado com Comey, na Casa Branca, e depois em telefonemas. Segundo estes apontamentos, Trump admitiu a Comey que o presidente russo lhe disse textualmente "a Rússia tem as prostitutas mais bonitas do mundo". A propósito, destacou que o presidente norte-americano "relacionava-se com as mulheres mais belas do mundo adiantando: "Custa-me muito imaginar que tenha ido a um hotel para se reunir com as nossas raparigas de baixa moral. O alegado encontro de Trump com prostitutas em 2013 no hotel Ritz Carlton de Moscovo foi mencionado originalmente num dossier elaborado pelo ex-espio britânico Christopher Steele. O porta-voz do Kremlin negou que o governo russo tenha informaçes comprometedoras sobre Trump". Uma cópia do dossiê foi entregue pelo senador republicano John McCain a James Corney, chefe do FBI. Michael Cohen, conselheiro especial de Trump durante a campanha, é acusado de ter feito contatos com representantes do Kremlin em Praga, em agosto de 2016. Mas decidiu vazar, com a ajuda do site Wikileaks, apenas as mensagens sobre a democrata, interferindo nas eleiçes. Comey refere ainda o pedido de lealdade feito pelo presidente e as presses para o FBI abandonar a investigaço aos laços com a Rússia, em particular às reunies entre o ento conselheiro de Segurança Nacional Michael Flynn e o embaixador russo, Sergey Kislyak. O ex-espio britânico, considerado digno de confiança pela inteligência americana, foi contratado pelos rivais de Donald Trump durante as primárias republicanas vencidas pelo milionário. Cohen desmentiu a informaçéao no Twitter. Elas ilustrariam a tentativa de uma outra potência de influenciar um presidente considerado pela opinio pública americana, antes mesmo de assumir o cargo, cada vez menos "presidencial escreve o correspondente da RFI em Nova York, Eduardo Graça. donald trump prostitutas prostitutas lisboa

Facebook twitter google_plus reddit pinterest linkedin mail

2 pensamientos sobre “Donald trump prostitutas prostitutas lisboa

Deja un Comentario